Série Gerenciamento de Projetos (1/12) – Introdução

Iniciaremos hoje uma série de posts sobre a metodologia de Gerenciamento de Projetos baseada no PMBOK (Guia PMBOK® - Project Management Body of Knowledge).

A série conterá os seguintes posts (totalizando 12):

  1. Introdução – Conceitos Gerais
  2. Grupos de Processos do Gerenciamento de Projetos
  3. Gerenciamento de Escopo
  4. Gerenciamento de Tempo
  5. Gerenciamento de Custos
  6. Gerenciamento da Qualidade
  7. Gerenciamento dos Recursos Humanos
  8. Gerenciamento das Comunicações
  9. Gerenciamento dos Riscos
  10. Gerenciamento das Aquisições
  11. Gerenciamento de Integração
  12. O papel do Gerente de Projetos

Então mãos à obra e boa leitura!

1 – INTRODUÇÃO

1.1 Conceitos Gerais

1.1.1 O PMBOK®

O PMBOK® é um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK® - Project Management Body of Knowledge).

O Guia é elaborado e publicado pelo PMI® (Project Management Institute) que é a maior organização mundial especializada em Gerenciamento de Projetos, realizando um trabalho de classificação e divulgação do conhecimento existente sobre o assunto.

O PMBOK® formaliza a Metodologia de Gerenciamento de projetos estabelecendo as “melhores práticas” de gerenciamento aplicáveis a todos os tipos de projeto.

1.1.2 O que é um Projeto?

Segundo o PMBOK® [PMI, 2004],  Projeto é um empreendimento temporário, de elaboração progressiva, com o objetivo de criar um produto ou serviço único.

1.1.2.1 Características de um Projeto

  • Ordenamento de atividades relacionadas que envolvem recursos e diferentes funções da organização;
  • Empreendimento temporário, com início e fim bem definidos;
  • Elaboração progressiva;
  • Cria um produto ou serviço único;
  • Estabelecimento claro de objetivos;
  • Atendimento de parâmetros, como os de custo, tempo e qualidade, previamente determinados.

1.1.2.2 Projetos X Rotinas Operacionais

Podemos destacar dois tipos principais de trabalhos nas organizações: Operações/Processos e Projetos.

A principal diferença entre eles é que projetos são empreendimentos temporários, únicos e progressivos e as operações/processos são procedimentos contínuos e repetitivos em uma organização, como por exemplo: compra de materiais, venda de produtos, pagamento de fornecedores, etc.

1.1.3 Partes envolvidas no Projeto (Stakeholders)

“Stakeholders” são indivíduos ou organizações que estão ativamente envolvidas no Projeto, ou cujos interesses possam ser afetados de forma positiva ou negativa, direta ou indiretamente com o resultado da execução ou conclusão do projeto.

Exemplos de Stakeholders: Empresa Executora, Cliente, Equipe, Gerente de Projetos, Público Alvo, etc.

1.1.4 Gerenciamento de Projetos

O Gerenciamento de Projetos é um ramo da administração que trata do Planejamento, da Execução e do Controle dos Projetos.

Segundo o PMBOK® o Gerenciamento de Projetos consiste na aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas adequadas às atividades do projeto, a fim de cumprir seus requisitos.

O Gerenciamento de Projetos envolve a implementação de ações que visam planejar, executar e controlar diversas atividades para alcançar objetivos especificados e dentro dos padrões. A aplicação do Gerenciamento de Projetos ao longo de todo o trabalho permite a avaliação do desempenho, o aprendizado contínuo e a antecipação do desempenho futuro com razoável confiabilidade [Metodologia de gerenciamento de projetos no terceiro setor, 2008].

A metodologia do Gerenciamento de projetos, de acordo com o PMBOK® está estruturada em 5 grupos de processos e 9 áreas de conhecimento, que veremos em nossos próximos posts.

Próximo post: “Grupos de Processos do Gerenciamento de Projetos”


Bibliografia utilizada para este post:

PMBOK® - Project Management Body of Knowledge, PMI 2004

Metodologia de Gerenciamento de Projetos no Terceiro Setor, Brasport 2008

Fundamentos em Gerenciamento de Projetos, FGV 2009.

Abraço e até a próxima,

Leave a comment